BORDERLANDS 3 - DETONADO:

Gears of War 5 - detonado

E Football PES 2020 e Fifa 20 - detonados:

BLAIR WITCH - DETONADO

Wolfenstein Youngblood - detonado

Manchas nos games de PS4 - Resolvido

ASSASSINS CREED ODYSSEY - DETONADO

RESIDENT EVIL 2 REMAKE - DETONADO

ASSASSINS CREED ODYSSEY ULTIMATE EDITION

CANAL DA MAGO GAMES

ASSASSINS CREED ODYSSEY ULTIMATE EDITION - BOSS MINOTAUR

SIGA-NOS NO PINTEREST:

28 de dez de 2016

Xbox One e PlayStation 4, queima da fonte de alimentação e superaquecimento dos consoles

 SEÇÃO GAME INFORMATIVO




 "Pense, o que seriam do PlayStation 4 e do Xbox One se fossem criados pela Nintendo. Eles seriam os melhores consoles do mundo em não dar problemas". 



 Vamos falar sobre fontes de alimentação e superaquecimento dos consoles. O que o Xbox One e o PS4 tem de diferentes nisso, e como se prevenir de problemas.



 "Fonte do Xbox One modelo original".

 A imagem mostrada acima é da fonte externa do Xbox One. A vantagem dessa fonte ser interna é que se ela queimar você mesmo poderá trocar por outra; e ela não é cara.

 Obs: normalmente todos os problemas do Xbox One não ligar, são ocorridos pela fonte que já vem com defeito de fabricação. Então é preciso acionar a garantia e trocar.



 Já o PlayStation 4, seja ele o modelo que for, todas as fontes são internas; ou seja, dentro do console. E elas são caras. 




 "Fonte interna do Xbox One Slim".

 O Xbox One S possui uma fonte dentro dele, mas vejam só os numerosos buracos de ar que ele tem para com a sua parte externa.



 "Longe de superaquecimentos".


 A Microsoft soube sim fazer muito bem o designer dos seus Xbox One, pensando em impedi-los de sofrer de superaquecimentos, que levam a queima de peças do aparelho.




 "PlayStation 4 Pro é fechado fechado demais para tanta coisa dentro". 


 Não precisa tanto para sacar que o PS4 Pro é um brinquedo de pegar fogo. O console é uma montanha de mecanismos dentro de uma compota fechada, onde há buracos para ventilação interna;... 



 "Diferenças do Xbox One heim".

 ...mas não se preocuparam em fazer aberturas ampliadas para ventilar o ar na parte externa dele.




 "Sobre o superaquecimentos dos consoles".

 Lembre-se disso: não é um cooler interno que impedirá um videogame de ter superaquecimento. Sim os espaços de ar para sair para fora dele. Quanto mais apertado e trancafiado for o console, maior a probabilidade das peças de se queimarem por dentro.




  
 "PS4 Made in China".



 Sei que a Mago Games pega pesado com o PlayStation 4, mas nessa geração ele é o que está dando mais problemas.

 O número de estrangeiros mostrando os mais diversos danos nos seus PS4 são absurdos. 
 Uma coisa que chama atenção é que todos os PS4 quebrados vistos até agora, são o da versão original, o famoso Black piano. Há o branco do piano, e este também já foi visto dando pau. Já o modelo fosco (último lançado e melhorado da versão original) até então não deu problemas devido ter sido amenizado os riscos de ocorrência de superaquecimento.






 "Reballing de PS4 CUH-1000/1100".


 A solda da GPU do PlayStation 4 se desfaz por causa do aquecimento interno do console; dai surgir uma luz azul da morte, e só existe uma possível solução: refazer a soldagem da GPU e colocar uma pasta térmica de ótima qualidade que possa refrigerar a GPU. Isto chega a ficar na faixa de 300 a 400 reais. 




 Já avisando: todos os reballings feitos foram no modelo original black piano. 

 O motivo de não haver nenhum reballing no modelo fosco esta aqui embaixo, entenda:



 Se algum dia ocorrer reballing em algum PS4 da série CUH-12XX, a Mago Games não sabe no que será feito, pois a mudança é drástica da versão original para última versão do PS4 normal. 

 E por sorte o PS4 fabricado no Brasil é da série CUH, sendo 1214. 





 O que se ouve falar por aí, é que os reballing podem durar de 1 ano para mais conforme o uso do console; se é verdade não se sabe.

 

 "Eis as precauções para não queimar a fonte de alimentação do seu console e evitar o superaquecimento deles".

 1º Nada de usar estabilizadores, nobreaks no Xbox One e muito menos ainda do PS4. 





 No caso PS4 é ainda pior, usar estabilizadores e nobreaks aumentará de vez aquecimento do console que já não é bom, podendo queimá-lo. 




 2º Não deixe o PS4 em modo de repouso por muito tempo, pois isto poderá queimar a fonte de alimentação do console (já comprovado).
 Obs: use apenas o modo repouso para acelerar os downloads e atualizações no sistema do console, fora isso esqueça o modo repouso para usos desnecessários.



 3º No Xbox One não pode usar, mas no PS4 use um filtro de linha normal com fusível apenas para a tomada do cabo da sua fonte de energia, e deixe o da televisão na parede. Motivo simples, caso trave seu PS4 por causa de alguma atualização do sistema feita, você poderá desligar apenas pelo botão power do filtro de linha ao invés de ter que arrancar da tomada o cabo de energia com o console ligado.

 4º Este é o mais importante, não deixe os consoles dentro de racks fechados; é preciso aberturas atrás e na frente do móvel para haver ar. E nunca deixar o console na frente ou atrás da televisão; que fique afastado dela, e nada de estar em cima ou embaixo de objetos e de outros aparelhos eletrônicos.

 5º Em épocas de muito calor, use um ventilador, não perto, mas na frente do console e de preferência ventando em movimento não direto.



 "Existe uma série de precauções para evitar a queima de um console, mas a pergunta é: até onde você seria capaz de ir para assegurar a vida dele?". 

Eis elas: 

 6º Evite jogar o console todos os dias por mais de 8 horas.

 7º Prefira jogar de 2 a 3 dias por semana. E sempre do começo da noite até de madrugada. Que tal finais de semana como: sexta, sábado e domingo, das 8 horas da noite até meia noite e meia; e os demais dias você deixará o videogame em descanso. Para pessoas que trabalham durante a semana essa é uma boa ideia, já para garotada isto não passa de uma piada, mas que faz todo sentido já que o objetivo é preservar o aparelho de não se desgastar tanto.

 8º nunca deixar os consoles de pé, somente deitados.




Nenhum comentário:

Postar um comentário